Corrupção enraizada

Corrupção enraizada

A prisão de sete empresários acusados de furtar energia elétrica em Limeira mostra que a corrupção no Brasil vai muito além das Câmaras, prefeituras, assembleias legislativas e do Congresso Nacional. É um problema cultural e que está enraizado em nosso país. Todos querem, a todo custo, se dar bem de alguma maneira.
Em matéria da Tribuna publicada em sua última edição, o delegado seccional de Limeira, Antonio Luis Tuckumantel, afirmou que as investigações continuam e não descartou prender mais pessoas envolvidas. O delegado lembrou ainda que foram presos os donos das empresas acusadas e usou o termo “peixe grande” para se referir aos detidos, o que mostra que os acusados são pessoas, em tese, instruídas e com posses, o que descarta aquele rótulo errado do criminoso pobre e favelado.
Em uma época onde se cobra mais transparência e honestidade dos agentes políticos, casos como o do furto de energia (gato, para ser mais claro) por empresários, reforça que o problema de corrupção só será resolvido no país com investimento maciço na educação. É preciso ensinar as crianças desde cedo o certo e o errado, e que o respeito com os bens e dinheiro público é fundamental para uma sociedade mais justa e igualitária.
Combater e enfrentar os corruptos na política é fundamental para que o país tenha a sensação de que a Justiça é para todos. Isso, sem, em hipótese alguma, se esquecer dos mais jovens. É sempre bom lembrar que os exemplos de honestidade devem começar dentro de casa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*