Políticos e vários segmentos da população começaram a se mobilizar pela chegada do trem intercidades até Limeira. A movimentação acontece após matéria publicada pela Tribuna de Limeira no último final de semana, com a confirmação do governo do Estado que na primeira etapa o trem só chegará até Americana.
Durante a semana, o assunto foi tema de muitas postagens das redes sociais, pedindo às lideranças limeirenses que começassem um movimento para pressionar o governardor Geraldo Alckmin (PSDB) a rever o projeto, estendendo o percurso até Limeira. Já no domingo, 26, após a circulação da Tribuna, o vice-prefeito, Dr. Júlio (DEM), postou texto em seu Facebook, afirmando ter participado de reunião na quinta-feira, 23, na cidade de Campinas, de uma frente de implantação de trens metropolitanos. Conforme a postagem, ele participou da reunião juntamente com parlamentares de Rio Claro, Santa Gertrudes e Cordeirópolis. “Nossa luta é que o trem seja estendido até Rio Claro, passando por Limeira”, escreveu. O vereador Toninho Franco (PR) também esteve presente.
Conforme mostrou a Tribuna, a Secretaria de Governo confirmou que o trem chegará até Americana, passando por São Paulo e outras cidades, vindo de Santos. Em outra linha, o trem ligaria São José dos Campos, no Vale do Paraíba, até Sorocaba.
Na última quinta-feira, 30, foi a vez do vereador Marcelo Rossi (PSD) se manifestar, através de sua conta no Facebook. Ele iniciou um abaixo-assinado para que o governo do Estado revise o projeto. “O trem que chega a Americana, pode chegar aqui também!”, postou.
O vereador disse que os pontos de coletas de assinatura estão sendo divulgados nas redes sociais e no seu gabinete na Câmara pelo telefone 3404-7560 ou WhatsApp, 99752-2507.
Procurado pela Tribuna, o vereador explicou que resolveu se movimentar após a divulgação da notícia, lembrando que essa é a função da imprensa. “Limeira precisa se mostrar, a população precisa participar dessa luta, porque o município merece ser contemplado com esse projeto”, falou.
A lista para assinaturas pode ser encontrada no Sinecol, Ciesp, Acil, Rede Farmavip, Academia Titânio, Academia Moving, Clínica São Matheus, Paróquia São Benedito, Clínica Rossi, Hospital Unimed e seu próprio gabinete.

SEMINÁRIO
Outro vereador, que anunciou mobilização após a publicação da matéria pela Tribuna, foi o presidente da Câmara, Zé da Mix (PSD). Na quinta-feira, 30, ele anunciou a realização de um seminário que reunirá autoridades e a população de Limeira e região para discutir e buscar soluções que permitam que o trem intercidades seja estendido. “A notícia pegou de surpresa e deixou a população entristecida, mas não vamos aceitar essa decisão sem lutar”, disse o vereador. O seminário ainda não tem data para acontecer.