Bola na Área

Bola na Área

Há muito ainda que se acertar, para que os esportes amadores voltem a ser fortes em Limeira, como sempre foram a natação, o judô, o tênis de mesa e tantas outras modalidades.

O início da nova gestão municipal deu um breque em muitos assuntos, devido ao tal Marco Regulatório. Mas, claro, e evidente, que poderiam ter sido criadas outras leis, para beneficiar os esportes que pouca ajuda têm do Poder Público. Por enquanto, a lei enviada à Câmara pelo prefeito foi aprovada.

Mesmo que a maioria dos vereadores entenda bulhufas de esporte.

Se é o caminho para todo o país, temos que seguir o mesmo, mas me parece que em nossa cidade, tudo está sendo feito de afogadilho (em todos os setores) e, lá na frente, quem vai sofrer será a população.

De qualquer forma, é preciso caminhar, e as partes envolvidas precisam discutir à exaustão os problemas criados por quem pouco entende de esportes. O problema no país, que virou febre, é economia geral, mas sempre mexendo no bolso dos mais necessitados.

Exemplo maior é a situação do transporte coletivo. A coluna não tem objetivos políticos, mas sente na pele, como todos que dependem do ônibus diário, e que a qualquer momento pode virar um entrave aos que dele necessitam para deslocamentos ao trabalho e outros afazeres.

As promessas de campanha, de todos os envolvidos, vão sendo esquecidas e, lá na frente, voltarão com seus bizarros “farei isso, farei aquilo”. É sempre assim.

Referente ao Independente, vi algumas postagens que indicam uma possível permanência do técnico Piá. Cá comigo, não acredito em tal fato, mas tudo pode acontecer pelos lados do Pradão. 2017, realmente, é um ano para se esquecer. Erros em cima de erros.

De um lado, a Arte da Bola. De outro, conselheiros e torcedores insatisfeitos. Tudo leva a crer em uma ruptura. Seria, no caso do distrato, mais um “pepino” para os dois lados. Multa de R$ 600 mil, nenhuma das partes tem para bancar a dissolução.

Em primeiro ou segundo, a Inter caminha para o fechamento da fase de classificação com o objetivo de sempre decidir os playoffs no Limeirão. E, nos jogos em casa, a presença do torcedor será fundamental. Ganhando em seus domínios, o Leão força o adversário a sair para o jogo, no que pode lograr êxito no campo do inimigo.

Em quem o nosso leitor e assinante apostaria para ser o campeão paulista? Futebol, por vezes traz algumas surpresas. Mas, o favoritismo é do melhor elenco, com os melhores jogadores, no caso, o Palmeiras.

Como alguns conselheiros são contra o treinador Dorival Júnior, a derrota do Santos para a Ponte Preta é um prato cheio para se colocar a cabeça do técnico a prêmio. Não será novidade se ele for substituído.
Na próxima quinta-feira, 20, meu amado filho Domingos Giovani de Salvi cumpre mais uma jornada em sua vida. Músico por excelência, hoje residente em Brasília, é um dos experts no manejo de viola nesse país. Seus projetos já são conhecidos em vários estados, sempre mostrando e divulgando a música raiz. Receberá inúmeros abraços de familiares, da esposa Sara e dos seus amigos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*