Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Sem trabalho
Pelo menos, por enquanto, ninguém terá “problemas” com o aplicativo Uber em Limeira. Quem quiser utilizá-lo terá que aproveitar o fluxo de usuários que transitem de Piracicaba para outras cidades da região, como Limeira, por exemplo.

Sem incomodar
O aplicativo, que já funciona em Piracicaba e começou a operar em Campinas, dando trabalho aos políticos locais e preocupando os taxistas, ainda não tem planos para Limeira, segundo o escritório do Uber em São Paulo.

E pode pegar…
…usuários em Limeira, sim. Com “motoristas parceiros” como são chamados, se estiverem passando por aqui e alguém acionar o aplicativo do celular. Operação local, por enquanto, nenhuma.

Tudo tranquilo
Até nisso Limeira consegue ficar para trás. E se chegar aqui, com certeza, enfrentará os mesmos problemas que nos outros municípios. A contrariedade dos taxistas e a preocupação da prefeitura e da Câmara em legalizarem ou não o seu uso. A conversa ainda nem começou.

Ação acertada
Por falar em Uber, taxistas e trânsito, foi muito boa a ideia da prefeitura em colocar um semáforo nos cruzamentos das ruas Duque de Caxias e Dr. Trajano. Melhorou muito o fluxo de veículos naquele trecho.

Ondas calmas
Com a oposição que o prefeito Mário Botion (PSD) tem em Limeira, hoje, ele não precisa nem da situação para governar. É fraca demais. Ele só terá problemas, mesmo, se tiver fogo amigo.

Piada?
E por falar em Botion, os comentários dentro do Edifício Prada são de que comissionados ligados ao ex-prefeito Paulo Hadich (PSB) que tiveram os cargos mantidos no novo governo estariam rindo da cara do prefeito dentro do próprio Paço Municipal.

Renascidos
O protesto contra as reformas Trabalhista e da Previdência Social reuniu uma turma que estava, digamos, enclausurada em casa após as eleições municipais do ano passado. Em especial, gente ligada ao PT.

Calados
Essa é a mesma turma que aceitou calada o descarte do PT por parte de Hadich para a coligação que o levou a disputa da reeleição e depois também nada fez, quando no dia seguinte após a disputa, o prefeito derrotado exonerou petistas que declaram publicamente voto em Cláudio Marques.

Estrago grande
Aliado ao escândalo nacional que afetou a imagem do partido, o desgaste do governo Hadich deixou ainda pior a situação do PT na cidade, o que fez com até Ronei Martins, eleito em 2012 com mais de 12 mil votos, sequer disputasse a eleição no ano passado.

Retrocesso
A postura acovardada do PT, que se recusou a enfrentar Hadich (exceção de Ronei), fez com que o partido não elegesse nenhum um vereador na cidade. Fato que não ocorria desde a fundação do partido no início dos anos 1980.

Perdido
Com essa postura, o partido coloca em segundo plano um dos melhores nomes da sigla nos últimos anos. Ronei Martins chegou a ser cotado por muitos para o cargo de prefeito num futuro próximo.

Líderes
Enquanto isso,  velhos caciques, como Mauro Zeuri, por exemplo, segue mandando e desmandando no partido na cidade, mas sem dar a cara à tapa. Não se posiciona e não aparece para nada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*