DÉRBI: No Pradão, jogo de opostos

DÉRBI: No Pradão, jogo de opostos

Adversários no profissionalismo desde 1975, mas com históricos em disputas amadoras, Independente e Internacional escrevem, na noite desde sábado, 4, mais uma página do tradicional clássico entre os dois times limeirenses. Rivalidade à parte, as situações hoje são opostas, com a Internacional em melhor situação, liderando a Série A3 e com grandes possibilidades de disputar o acesso à Série A2 em 2018. À parte, um ingrediente apimentado durante a semana, por conta da polêmica da majoração dos ingressos para apenas uma torcida. Houve a necessidade da intervenção do MP (Ministério Público) para que tudo fosse colocado em seu devido lugar.
Agora, dentro de campo, é que saberemos a quantas andam as duas invencibilidades dos dois adversários. Um, a Inter, ainda invicta e com a liderança da competição, com ótimo aproveitamento. Do outro, um abatido Independente, ainda sem vencer e  sem ter marcado nenhum gol. Foram cinco derrotas e apenas um empate. E a contestação dos torcedores, irritados com a campanha e pedindo, via redes sociais, a saída do treinador Piá.
Os experts dizem que em clássico não há favoritos e, mesmo quando um dos oponentes está em pior situação, pode se superar e se agigantar. No caso o Independente. Pelos lados da Inter, o discurso é o mesmo que se ouve há tantos e tantos anos. Respeito ao adversário e alerta máximo.
As duas equipes encerraram os seus preparativos na sexta-feira,3, com mais problemas pelos lados da Vila Esteves, pois a comissão técnica tem inúmeros problemas, especialmente com contusões. No Limeirão, nada que possa preocupar, pois o elenco está bem servido e não jogando um ou outro, os reservas estão dando conta do recado.
Enfim, é aguardar e dentro de campo, todos esperam que o Dérbi – Legal ou Galeão – com a mesma emoção de 42 anos atrás, quando houve empate no Pradão por 1 a 1, com Sérgio Moraes marcando para a Inter e Nestor para o Independente.

INTERPELAÇÃO
Na quarta-feira, 1º, a diretoria da Internacional  ingressou com uma representação no MP contra o aumento do preço do ingresso, de R$ 20 para R$ 40, para a sua torcida. Mesmo com a representação, em um primeiro momento o Independente afirmou que manteria os valores. Mas, aconselhado pela Federação Paulista de Futebol, recuou e baixou o valor para R$ 20, com a meia entrada valendo R$ 10. Tais preços serão praticados até as 18h deste sábado, 4, com venda nas bilheterias do Pradão. Para as duas torcidas. Na quinta-feira, 2, a procura era intensa pelos torcedores leoninos, sendo que a comercialização atingiu quase duas centenas de internacionalinos, contra pouco mais de uma dezena de galistas.
Nesta sexta-feira, 3, o Independente apresentou defesa contra a representação leonina, mas apenas para efeito jurídico, pois não há mais tempo hábil para reversão sobre os valores a serem cobrados.

FICHA TÉCNICA

 

INDEPENDENTE X INTERNACIONAL

LOCAL: PRADÃO
HORÁRIO: 19H
ÁRBITRO: Cássio Luiz Zancopé
AUXILIARES: Paulo de Souza Amaral e Leonardo Tadeu Pedro
4º ÁRBITRO: Dermival Benedito Gomes

INDEPENDENTE: Fernando: Marcelo, Jefferson, Bruno e Maurin: Diego, Gaúcho, Fabiano e Daniel; Weldon e Denis. Técnico: Reginaldo Revelino Jandoso (Piá).

INTERNACIONAL: Rafael Pim; Balardin, Carlão, Nikão e Malcoon; Marquinhos, Teco e André Mococa; Tom, Jow e Wesley. Técnico: João Vallim.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*