Questão lógica

Questão lógica

Terminar obras deixadas por governos anteriores é uma obrigação de todo administrador público que se preze. Em Limeira, essa lógica sempre foi deixada de lado e, até hoje, temos obras inacabadas e estruturas mal utilizadas. Vale lembrar que em Piracicaba, por exemplo, desde o final da década de 1970, obras iniciadas são concluídas. Exemplos que vem de administrações peemedebistas, tucanas e petistas, que até hoje passaram pelo Executivo e deixaram suas marcas ou, até mesmo, deram continuidade às marcas das que os antecederam. Foi assim até o final dos anos 2000. Em Limeira, salvo raríssimas exceções ou por cobrança forte por parte da imprensa, poucas obras tiveram sequência. Ou quase nenhuma.
De Paulo D’Andréa, passando por Jurandyr Paixão, Pedrinho Kühl, Félix e Hadich, dá para contar nas mãos as que foram concluídas. Em especial, entre as administrações D’Andréa e Paixão. O que um fazia ou outro desfazia e vice-versa. Por isso, esta Tribuna de Limeira se propôs, em sua manchete da edição 44 (Botion terá que finalizar obras viárias de Hadich), a cobrar antecipadamente do prefeito eleito Mário Botion (PSD), a conclusão destas obras. A manchete não foi por acaso, mas sim um diagnóstico, com tratamento aparente, para que a futura administração, que toma posse no próximo dia 1º de janeiro do ano que vem, entenda que mais que uma questão política partidária – ou de marca pessoal – é o interesse da população que está em jogo. E as próprias finanças públicas, pois a cada obra iniciada e não acabada, mais dinheiro se gasta para retomá-la ou transformá-la.
Ao procurar o atual prefeito Paulo Hadich (PSB), que não conseguiu se reeleger, para início imediato da transição de governo, Botion sinaliza positivamente o seu interesse público. Espera-se, dessa forma, que ele entenda o recado da manchete da Tribuna com a devida clareza. E a cobrança será diária. Os limeirenses agradecem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*