COMÉRCIO: Dia dos Pais à espera de consumidores

COMÉRCIO: Dia dos Pais à espera de consumidores

Se repetir 2015, o comércio de Limeira tem o que comemorar com a próxima data comemorativa, o Dia do Pais, no próximo domingo, 14, última data especial antes das vendas natalinas. Pelo menos essa é a expectativa passada à Tribuna de Limeira, por dirigentes comerciais que, entretanto, preferiram não fazer prognósticos quanto a porcentuais. Mesmo em relação ao ano passado. Otimista, o presidente da Acil (Associação Comercial e Industrial de Limeira), José Mário Bozza Gazzetta, explicou que as datas comemorativas têm sido importantes para o setor e, principalmente, para os consumidores que não querem se endividar. “Ainda há compras em datas aleatórias, mas as datas comemorativas têm sido uma alternativa. Para o consumidor e para o comércio”, afirmou. Já o presidente do Sicomércio (Sindicado do Comércio Varejista de Limeira), Eduardo Hervatin diz que “se repetir 2015 está ótimo, assim como aconteceu com o Dia das Mães e dos Namorados”. Para ele ainda não há muito o que comemorar com as mudanças políticas, mas é possível ter mais esperança “pela boa equipe econômica que está no governo hoje”.
O presidente da Acil concorda que há um sentimento positivo de que se repita 2015, que foi bastante setorial. “Calçados, vestuário tiveram um volume maior de vendas, ao contrário de eletrodomésticos, eletroeletrônicos e celulares. Para ele, os clientes estão procurando ofertas e kits promocionais. “No Dia das Mães, por exemplo, as vendas seguiram as mudanças climáticas, com o aumento do frio. Agora deve ser a mesma coisa”, lembrou. José Mário diz que o consumidor tem procurado não fazer dívida, preocupado com o dia de amanhã. “Nós acreditamos que possa haver uma melhora na economia, como já estamos sentindo, mas as incertezas, a inflação alta e o desemprego, continuam aumentando, preocupando a todos. Com a melhora de alguns setores, a tendência é que até o fim do ano a situação tenha uma ligeira melhora”, analisa.
Se a expectativa ainda não é das melhores, de acordo com Hervatin, a data incentiva a venda, melhora a lucratividade, mas é diferente de anos anteriores à crise, quando se estimava entre 8, 9% e 10% de crescimento em cada uma delas. “Hoje não tem nem como fazer uma previsão nesse sentido. Por enquanto, a política ainda não refletiu na economia. Espera-se que melhore, mas não podemos ficar otimistas a curto prazo, não”, lembrou o presidente do Sicomércio. Ambos apostam, mais uma vez, na campanha promocional que as duas entidades fazem em conjunto. “A campanha Acil-Sicomércio ajuda, porque o cliente já sabe da promoção e das lojas que participam. É uma propaganda positiva e incentiva ao cliente a busca pela compra, pelos prêmios atrativos que são colocados em sorteio”, diz. O presidente da Acil, por sua vez, diz que a promoção do Dia das Mães chegou a 30 mil cupons. “Acredito que com essa possamos chegar a 26 mil”, avalia.

PROMOÇÕES
Para o Dia dos Pais, Acil e Sicomércio voltam a repetir a campanha com a distribuição de cupons nas lojas participantes. E haverá, ainda o horário estendido no comércio, que abrirá na sexta-feira, 12, até as 22hs e, na véspera, sábado, 13, até as 18hs.
Aos consumidores que participarem da promoção, serão sorteados dois aparelhos de TV, smartv, de 42’, dois tablets de 7’, cinco vales-compra de R$ 400 e quatro kits churrasco. Já os vendedores que tiverem seus clientes sorteados receberão vales-compra de R$ 100. Ao todo serão 26 contemplados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*